Instruções para autores

Introdução e objetivo

A revista Urologia Essencial é uma das publicações oficiais da Sociedade Brasileira de Urologia – SBU, continuação de Urologia Contemporânea, com circulação regular desde 1995, e tem como objetivo a Educação Médica Continuada, providenciando informações de alta qualidade direcionadas para a prática urológica e apresentadas sempre de forma didática. Atualmente sua versão impressa atinge aproximadamente cinco mil leitores e instituições de saúde tanto no Brasil quanto em outros países da América Latina.

Interesse

A revista Urologia Essencial publica artigos focados na prática urológica e, excepcionalmente, artigos originais de investigação científica clínica ou básica. A revista Urologia Essencial aceita a submissão para avaliação de artigos em português, espanhol e inglês. Entretanto, na versão impressa da revista,os artigos são publicados exclusivamente em Português.

Tipos de artigos publicados

A revista Urologia Essencial aceita a submissão de artigos originais de Atualização, Multidisciplinaridade, Urologia de Consultório, Técnicas Cirúrgicas, Uro-resumos, Ponto de Vista, Imagem em Urologia, Editoriais e Cartas ao Editor.

1 – Atualização

São artigos de revisão que devem descrever e discutir a literatura urológica mais recente e de melhor nível de evidência. Deve conter no máximo quatro mil palavras e 20 referências bibliográficas. Não há limite para o número de figuras e tabelas.

2 – Multidisciplinaridade

Artigo escrito por não-urologista que deve revisar um assunto relevante para a prática urológica, estimulando a atenção à saúde integral e multidisciplinar.

Deve conter no máximo quatro mil palavras e 20 referências bibliográficas. Não há limite para o número de figuras e tabelas.

3 – Urologia de Consultório  

São artigos de revisão que devem oferecer diretrizes quanto a condutas diagnósticas e tratamento dos cenários clínicos mais comuns em urologia, baseados na literatura mais recente e de melhor nível de evidência. Deve conter no máximo três mil palavras e 15 referências bibliográficas. Não há limite para o número de figuras e tabelas.

4 – Técnicas Cirúrgicas

São artigos que devem descrever uma técnica em cirurgia urológica, apresentando os detalhes desde o preparo pré-operatório, materiais necessários até o pós-operatório. Deve conter no máximo três mil palavras e 15 referências bibliográficas. Não há limite para o número de figuras e tabelas. O conselho editorial recomenda fortemente o uso de material didático pictórico.

5 – Uro-Resumos

São comentários sobre artigos publicados recentemente em revistas científicas que na opinião do conselho editorial são de benefício para a prática urológica. Os comentários serão publicados juntamente com os resumos originais traduzidos para o português. Deve conter no máximo mil palavras por resumo e cinco referências bibliográficas. O número total de artigos a serem comentados é determinado pelo conselho editorial.

6 – Ponto de Vista

A revista Urologia Essencial aceita a submissão de casos clínicos para serem discutidos por um ou mais especialistas convidados pelo Conselho Editorial. O caso clínico deverá ser enviado com dados suficientes para a avaliação de uma conduta e contendo perguntas específicas do autor para o(s) especialista(s).

7 – Imagem em Urologia

São imagens que demonstram didaticamente algum fato de interesse urológico, podendo ser desde imagens que registram um achado durante o exame físico ou mesmo obtidas por algum meio de imagem diagnóstica. Um comentário contendo até 300 palavras deve acompanhar as imagens.

8 – Editoriais e Cartas ao Editor

São manuscritos com o objetivo de comentar artigos publicados na revista Urologia Essencial aprofundando a reflexão sobre um assunto. Os Editoriais são encomendados a autores especialistas e as Cartas ao Editor são de submissão livre e espontânea. O tamanho máximo do manuscrito é de 800 palavras, incluindo no máximo cinco referências bibliográficas e duas figuras. Será oferecido o direito de réplica aos autores do artigo originalmente discutido que deverá ser publicada conjuntamente.

Processo de revisão

Todo o conteúdo publicado pela revista Urologia Essencial passa por processo de revisão por especialistas. Cada artigo submetido para apreciação é encaminhado aos editores para uma revisão inicial quanto ao padrão de exigência da Urologia Essencial sendo avaliado tanto o formato quanto o conteúdo. A seguir, o artigo é enviado a no mínimo dois revisores especialistas na área pertinente, sendo que os revisores são sempre de instituições diferentes da instituição de origem do artigo e desconhecem a identidade do(s) autor(es) do trabalho. Após receber os pareceres, o Conselho Editorial os avalia e decide pela aceitação do artigo sem modificações, pela recusa ou pela devolução aos autores com as sugestões de modificações. A decisão final para a publicação é de responsabilidade do Conselho Editorial.

Diretrizes para a preparação e o envio de manuscritos

Os artigos deverão ser submetidos exclusivamente para o endereço eletrônico urologiaessencial@sbu.org.br contendo uma carta de submissão atestando a originalidade do manuscrito e que em consideração aos editores da revista Urologia Essencial por revisar e editar a submissão, o autor transfere os direitos autorais para a Sociedade Brasileira de Urologia, no evento de que este trabalho seja publicado.

Os manuscritos devem incluir uma página de rosto contendo o título, seção da revista, nome dos autores, instituição dos autores, autor correspondente e endereço para correspondência, número de palavras, figuras e tabelas. O texto do manuscrito deverá ser scrito em formato Word, na fonte Arial 12 e espaçamento ntre as linhas de 1,5. Tabelas deverão ser ncluídas ao final do manuscrito com as respectivas egendas. As figuras e gráficos devem ser enviadas eparadamente, em arquivos individuais e identificados pela sua numeração no texto. As figuras devem ser de boa resolução (igual  ou superior a 300dpi no tamanho final) e apresentadas em arquivos do tipo *.jpg, *.tif, *.bmp ou *.pdf. As legendas das figuras devem ser apresentadas no final do texto em página separada. As referências bibliográficas devem ser numeradas e ordenadas segundo a ordem de aparecimento no texto, no qual devem ser identificadas pelos algarismos arábicos respectivos sobrescritos. Os títulos dos periódicos devem ser abreviados conforme recomendação da NLM – National Library of Medicine, as abreviaturas podem ser obtidas na publicação “List of Serials Indexed for Online Users”, disponível no endereço http:// www.nlm.nih.gov/tsd/serials/lsiou.html. As referências devem seguir as normas gerais dos Requisitos Uniformes para Manuscritos Apresentados a Periódicos Biomédicos (o estilo Vancouver), disponível no endereço: http://www.nlm.nih.gov/bsd/uniform_requirements.html.

Alguns exemplos:

 Artigo impresso

Pierorazio PM, Epstein JI, Humphreys E, Han M, Walsh PC, Partin AW. The significance of a positive bladder neck margin after radical rostatectomy: the American Joint Committee on Cancer Pathological Stage T4 designation is not warranted. J Urol. 2010 Jan;183(1):151-7.

Se houver mais de seis autores, citar os seis primeiros

nomes seguidos de et al.

Livro

Wein AJ, Kavoussi LR, Novick AC, Partin AW, Peters CA. Campbell – Walsh Urology. 9th ed. Philadelphia: Saunders; 2007

Capítulo de livro

Borer JG, Retik AB. Hypospadias. In: Wein AJ, Kavoussi LR, Novick AC, Partin AW, Peters CA. Campbell – Walsh Urology. 9th ed. Philadelphia: Saunders; 2007. p. 3703-3743

Observação

Relatos não publicados e comunicações pessoais não devem ser citadas como referências. Se for imprescindível a inclusão de informações dessa natureza no artigo, elas devem ser seguidas pela nota “observação não publicada” ou “comunicação pessoal” entre parênteses inseridas no texto.